Por dentro do Lightroom: A ferramenta “Crop”

Confira o post publicado hoje no blog da Escola de Imagem

Hoje a dica é do professor Henrique Ribas, que nos dias 23 e 24 de  março ministra o curso de Lightroom no Rio de Janeiro (consulte as turmas de Belo Horizonte através do telefone 31 3264-6262 ou [email protected]). Ribas é Adobe Lightroom 4 Certified Expert.

Quando fotografamos temos que pensar em vários fatores que irão influenciar na captação da imagem real. Entre eles temos o tempo de exposição, a abertura do diafragma, o Iso e claro, a composição. A escolha de uma objetiva certa para a cena correspondente é algo primordial para conseguirmos um efeito adequado ou a composição ideal unificando com a projeção das formas como elas realmente são. Mas, e se por um descuido ou alguma impossibilidade qualquer, não tivermos conosco uma objetiva que nos proporcione ajustar a cena no ato do clique?

Resta para nós buscarmos a alternative no software de pós produção. E é o que vamos ver a seguir.

No Lightroom temos 2 ferramentas que nos possibilitam ajustar uma composição já clicada ou eliminar distorções provacadas pela objetiva escolhida e estas ferramentas, quando bem utilizadas, nos proporcionam uma elevação de qualidade em nosso material fotográfico.

Neste primeiro artigo, falarei sobre a ferramente de Sobreposição de Corte, mais conhecida como CROP que serve para que possamos efetuar um corte específico na imagem a fim de modificar a composição inicial clicada, retirando objetos nos cantos indesejados ou simplesmente para ajustar a linha do horizonte. Podemos ainda utilizar desta ferramenta para que ajustemos as proporções da imagem, preparando-a para exportamos e possibilitar a impressão num formato correto de dimensões. A ferramenta de crop possui vários parâmetros que irão ajustar alguns pontos importantes em suas imagens.

Quando acessamos a ferramenta no módulo de revelação através do ícone  ou pelo atalho de teclado (R), temos então a sobreposição inicial de uma das regras de composição existentes no software. É muito comum que a imagem já venha inicialmente com a regra dos terços exibida, porém podemos trocar estas marcas de ajuda por outras regras, podendo facilitar na recomposição da imagem de acordo com o cenário.

Para alternar entre os modos de sobreposição de corte, basta prescionar a tecla (o) de seu teclado. Veja abaixo as várias opções que o LR possui.

Para iniciar o redimensionamento da mascara de corte, posicione seu mouse nas arestas marcadas, clique e arraste na diagonal da imagem. Repare que parte da imagem irá se manter mais escura e a area que sera preservada é a que continua com a coloração e iluminação ajustada.

Toda imagem é construída por pixels, que se extendem ao longo dos planos horizontais e verticais, resultando na multiplicação destes dois planos na quantidade de megapixels que a imagem possui. Quando reduzimos a area original com a ferramenta de Crop, estamos descartando estas informações e diminuendo o número de megapixels da imagen, resultando numa diminuição de poder de ampliação da fotografia. Evite reduzir demais o corte de uma foto. Quanto mais você diminui esta area, menos poder de ampliação terá e claro, mais evidente serao as imperfeições.

As cameras DSLR clicam num padrão de proporçao de 2:3. Todas as imagens por ela captada tem a possibilidade de serem impressas em formatos já padronizados nos laboratórios que seguem esta mesma proporção, como é o caso das 10x15cm e 20x30cm. Para mantermos esta proporção ao logo da execução do crop, precisamos manter o cadeado trancado e mentendo a opção ao lado em COMO FOTOGRAFADO ou em 2:3.

Se por acaso abrirmos o cadeado, perderemos então a noção de proporção, não mais então tendo certeza de qual é a possível metragem que teremos que informar ao laboratório que fará a impressão. Cuidado com isso!

Por fim, mas não menos importante, temos a possibilidade de ajustar a inclinação da imagem em relação à sua base. Este recurso é muito importante quando temos a necessidade de efetuar um ajuste do horizonte quando não conseguimos alinhá-lo diretamente no ato do clique. Outra opção é efetuar o ajuste de orientação de forma artística, girando a mesma para conseguir o ângulo necessário para seu trabalho.

Para executar a rotação do corte, posicione seu mouse em uma das cantoneiras nos quarto vertices da imagem, sem clicar, afaste o mouse um pouco da cantoneira e perceba a exibição do ícone de uma curva. Clique e arraste o mouse para efetuar o giro e se oriente através das linhas que irão aparecer no ato do arrasto.

Outra forma de executar a mesma ação é utilizar o slider na frente da palavra ângulo e este executará a rotação assim como explicado anteriormente.

Uma Terceira e interessante opção é a ferramenta de ângulo, que se assemelha a um nível. Para utiliza-la, clique na ferramenta e observe que o ícone do seu mouse passou a ser o nível. Neste momento, na imagem, basta clicar e arrastar, traçando uma linha em sua imagem, escolhendo então a base que servirá de orientação para a rotação da imagem.

O uso da ferramenta de crop é muito útil e com certeza entrará na sequencia do seu fluxo de trabalho, mas lembre-se, executar o corte na propria camera, aproximando do objeto, ou utilizando o zoom, eliminando objetos indesejados ou ajustando a orientação e elementos que serao compostos na cena. Com isso diminuimos cada vez menos a necessidade de uso do software para a correcão, evoluímos a nossa fotografia e garantimos mais tempo para outras atividades.

No próximo artigo falaremos de Correção de Lentes, até lá!

Preenche o formulario para receber as novidades