6 dicas para fotógrafos de eventos sociais

Mesmos os mais experientes fotógrafos se perdem com determinados passos que são essenciais para que todo o ensaio, casamento ou festa de 15 anos saia com tudo aquilo que foi planejado.

O planejamento de um evento, no caso do trabalho de um fotógrafo, é relativamente complexo. Ele deve cuidar de sua equipe, do seu equipamento, dos detalhes a serem captados, os pedidos do cliente, a busca pelas imagens inéditas que irão imprimir seu estilo, bem como também as pautas que devem se seguidas. Paralelo a isso temos toda a logísitica de lugares a ir, detalhes com equipamentos como pilhas, baterias, cartões, lentes e tudo aquilo que estamos levando e também tendo a certeza dos seu retorno.

Em meu dia-a-dia inicio o PROJETO do meu evento alguns dias antes do mesmo iniciar. Executo uma rápida reunião com meu cliente para que ele revise comigo todos os itens planejados, o que foi contratado, quais são os fornecedores, como e porque foi organizado tal momento e quando este acontecerá, quais as imagens ele gostaria de ter, quem são as pessoas mais importantes e assim por diante.

A PAUTA

Diante disso, é gerada uma pauta, um documento simples, feito em WORD mesmo que é enviado a todos que irão compor minha equipe. Este documento deve ser lido e absorvido por todos e um elemento da equipe deve ficar responsável se todos os passos solicitados foram seguidos, bem como também gerenciar a equipe para que as imagens que fogem desta pauta, ou seja a busca pelo estilo de fotografia que fazemos, seja feito.

A pauta, apesar de ser um documento literal, com muita informação que as vezes não venha agregar muito, possui um papel fundamental para conseguirmos extrair o máximo do cliente. Durante a reunião é possível captar do que e e como os clientes gostam de determinadas imagens, ou músicas, ou atitudes, e até a liberdade que possamos ter com eles e sabendo disso, a relação antes, durante e após o evento fica extremamente saudável.

CHECKLIST

The questionnaire

 Paralelo à pauta, que possui como se fosse um checklist de itens relacionados ao evento em específico, é de extrema importância que se tenha um checklist daquilo que está ligado às suas funções e equipamentos a serem levados e trazidos de volta.

Para todo evento, com cerca de 3 dias de antecedência, reviso todo o meu material, verifico minhas lentes, corpos de câmera, acessórios, flashs, etc. Testo cada um deles, executo as limpezas necessárias e vou inserindo cada um deles numa lista de conferências. Esta lista ainda contempla o tudo que está envolvido na preparação de itens como carga nas pilhas e baterias, quantos kits de pilhas estou levando, quantas baterais, quantos cartões de memória, se todos estão formatados, tripes, cabeças, e todo e qualquer item que eu não possa deixar de levar e trazer de volta.

O checklist ainda possui campos que são destinados ao Backup após o evento, ou seja, garantia que eu executei corretamente e onde foi executado.

TIRE DA CABEÇA E COLOQUE NUM APLICATIVO

smartphone-apps-for-investigators

Ficar lembrando de um monte de coisa ao mesmo tempo é coisa do passado. Com os smartphones já é possível integrar seu computador com o aplicativos que eles possuem e levar consigo o checklist e pautas de formas digitais. O uso de softwares com o Evernote ou o SpringPad possibilitaram retirar da sua cabeça tudo aquilo que não tem relação com a execução da fotografia, liberando espaço na cachola para pensar, criar  e fazer o melhor trabalho possível.

ALARMES ATIVOS

alarme-falso

Ainda falando de smartphones, use e abuse dos alarmes. Um dia antes de cada evento faço uma configuração de alarmes em meu celular de forma que estes me lembrarão exatamente os momentos que preciso me preparar, como a saída de casa, o deslocamento de um salão de beleza para a igreja e assim por diante. Estes pontos são importantes, pois alinhado com a informação da pauta, temos num único aparelho o gerenciamento de períodos que serão cruciais.

Mas lembrem-se. Desliguem os alarmes ou até o celular durante momentos específicos, como a cerimônia por exemplo!

SINCRONISMO DE EQUIPAMENTOS

time

Quando fotografamos com mais de uma câmera ou mais de um fotógrafos, precisamos nos atentar com o sincronismos de data e hora destes equipamentos. Este sincronismo é simples. Se sua equipe está toda presente com seus equipamentos, entre cada um nos menus de configuração da câmera e configurem para o mesmo dia, mês, ano, hora, minuto e segundo. Desta forma, ao descarregar as imagens para o Lightroom, por exemplo, estas estarão em sequência cronológica e terão uma edição muito mais flúida.

Caso sua equipe não esteja próxima, oriente-os a acessar sites como Hora Certa (http://www.horacerta.com.br/) e configurarem suas câmeras para exatamente este horário. Caso ainda alguém ou todos não se lembrem, façam um clique em conjunto de algum objeto em comum. Normalmente fazemos a foto dos nossos pés, indicando que todos possuem a mesma foto na mesma hora, mesmo que os horários estejam desconectados. Desta maneira, no Lightroom será possível eleger o horário correto de uma das câmeras e sincronizar o restante para o mesmo intervalo.

CUIDADO COM SEUS EQUIPAMENTOS

Airport-AirStream-Rolling-Camera-Bag-4

Querendo ou não a criminalidade cresceu e muito nos últimos tempos e nosso mercado de fotografia tem sido alvo de grande parte destas ações criminosas. Duas alternativas são possíveis para minimizarmos os prejuízos.

A primeira é em relação a um seguro. Existem diversas corretoras de seguras que fazem apólices voltados para equipamentos como os nossos. Estes é um grande passo e nos garante pelo menos a tranquilidade de uma possível reposição dos nossos bens. Digo possível reposição, pois temos que estar atentos às regras impostas pela seguradora em relação ao uso, manuseio e cuidados com os mesmos, o que pode acabar eliminando a responsabilidade da seguradora nesta reposição.

Para que possamos estar ainda mais tranquilos e liberar a mente para a fotografia, utilizo uma série de equipamentos que vem com algumas proteções interessantes. A marca de bolsas e malas para fotografia Think Tank (http://www.thinktankphoto.com/) possui algumas séries de produtos com cabos de aço e trancas prontas para nos ajudar a previnir furtos. Tenho uma relativamente pequena, que me permite inclusive levar no compartimento interno do avião e com um cabo de aço e uma tranca no zipper, me deixa mais “tranquilo” para que eu possa tirar os olhos do meu equipamento e me dedicar ao meu trabalho.

CONCLUSÃO

Tenha sempre em mãos tudo que precisa, ou até aquilo que talvez não irá necessitar. Levar todo o seu equipamento pode ser algo que demande muita logística, o cuidado com ele é ainda mais específico, porém pode ser que em determinadas horas você sentirá falta de algo que deixou para trás. Mais importante que isso é ter traçado todo o planejamento do evento, organizando e orientando seus envolvidos para que seja executado tudo como o cliente precisou e também como você precisa fazer, levando sua forma e estilo de fotografia e criando ainda mais imagens que irão gerar mais clientes futuros.

 

Preenche o formulario para receber as novidades