Adobe Photoshop Lightroom 5 Beta está no ar!!!

Normalmente as atualizações aparecem de dois em dois anos, mas desta vez foi diferente. Aproximadamente após um ano de sua versão 4, a Adobe chega para lançar sua 5ª versão do mais famoso software de gerenciamento, edição e tratamento de imagens do mercado.

Para a alegria de todos o Lightroom 5 já está disponível, ainda em versão Beta, pronto para se fazer download e aproveitar as várias novidades listadas mais abaixo.

Como mencionado o software se encontra em versão Beta e portanto não é recomendável utilizá-lo para usos profissionais, uma vez que o mesmo se encontra em fase final de testes e foi liberado ao público para que fosse possível captar ainda mais informações sobre o seu uso no dia-a-dia.

A Adobe ainda informa que os catálogos criados a partir da Lightroom 4 ainda não podem ser convertidos para a nova versão, que a versão final pode possuir modificações em relação a suas novas funcionalidades e inclusive em formas visuais das mesmas e que por se tratar de uma versão ainda não finalizada, que você tenha backup de todas as suas imagens e informações quando desejar utilizar esta nova versão durante esta fase de testes.

Mas falando de coisa boa, o que será que o Lightroom 5 trouxe de novidades?

Navego por diversos blogs, sites, mídias sociais e existe uma grande especulação ao redor do que poderia conter nesta nova versão e até inúmeros pedidos de usuários que gostariam de ter ainda mais poder dentro do software.

A boa notícia é que muitos destes pedidos foram realizados.

VISUALIZAÇÕES INTELIGENTES

O LR5 vem com várias boas novidades mas uma delas, que tenho certeza que irá modificar e muito o fluxo de trabalho de todos os fotógrafos são as chamadas Visualizações Inteligentes (Smart Previews).

Anteriormente o Lightroom possui a possibilidade de escolhermos a forma como iríamos renderizar as visualizações das imagens que estavam sendo lidas e importadas para a nossa biblioteca. Esta função permanece, mas junto a ela, antes éramos impossibilitados de trabalhar num tratamento de uma imagem quando não possuíamos o arquivo original dentro do nosso computador ou num dispositivo externo conectado ao mesmo.

Seus problemas acabaram!!!

Com as Visualizações Inteligantes o LR ganhou o poder de gera imagens do arquivo original, num formato conhecido como Lossy DNG, possibilitando não mais termos o arquivo original conosco e ainda nos viabilizando trabalhar e até exportar nossas imagens a partir desta nova função.

Trata-se de uma visualização que será armazenada dentro de um arquivo junto ao seu catálogo, que terá um tamanho máximo inicial de 2048 pixels de maior lado e que te permitirá trabalhar em todos os módulos do software e enviar por email, inserir nos serviços de publicação ou exporta-las como um novo arquivo JPG por exemplo. Como é um arquivo limitado em relação a sua resolução, temos que ter alguns cuidados em relação ao seu uso para não gerarmos uma imagem com baixa informação para o cliente, mas basta plugarmos o HD onde as imagens originais estão inseridas e referenciadas que o LR automáticamente identifica que o mesmo está presente e então o coloca como fonte principal para seu trabalho de finalização.

Esta sem dúvida é uma das melhores atualizações já feitas nos últimos tempos e com certeza teremos uma mudança tremenda no fluxo de trabalho de todos, uma vez que poderemos manter os arquivos originais ainda mais preservados e nos possibilitar trabalhar de forma mais leve e portátil em nossos eventos.

REMOÇÃO DE MANCHAS

Outra grande funcionalidade, também muito requisitada pelos fotógrafos, foi o aprimoramento da ferramenta de remoção de manchas.

Antes, limitada apenas na forma redonda, agora será possível clicar e arrastar por uma determinada área a fim de não mais ficarmos presos a uma única forma geométrica. A função original de remoção de manchas ainda permanece, mas com a introdução desta nova forma de trabalho, será possível, cada vez mais, eliminar a necessidade da ida ao Photoshop para o tratamento de manchas ou detalhes localizados.

O algoritmo da ferramenta de remoção de manchas também foi completamente remodelado, tornando-se muito melhor na correspondência do que foi possível no passado para tirar grandes pedaços do cenário e substituí-los com fundo transparente. A mudança é rápida e não destrutiva.

Dentro desta mesma ferramenta foi introduzido o item na barra de ferramentas chamado VISUALIZAR PONTOS (A). Antes era necessário criar uma zona enorme de contraste para que fosse possível enxergamos os pontos e manchas indesejáveis na nossa imagem. Com esta nova ferramenta, temos a visuzalização de uma imagem em modo negativo mesclado com alto contraste, mostrando claramente onde ainda existem pontos que podem ser removidos com o uso da ferramenta.

Mais um avanço e tanto no software e mais uma melhoria para cada vez menos economizarmos nosso tempo, melhorando ainda mais a qualidade de nosso tratamento.

FILTRO RADIAL

Seguindo ainda com as novidades relacionadas com o tratamento, uma nova ferramenta de ajuste localizado foi introduzida. O Filtro Radial, com o próprio nome já diz, agora será possível criar um tratamento localizado de forma radial, em forma de círculo, com uma borda bem suave e possibilitando uma aplicação num determinado local a partir de seu centro.

Com esta nova ferramenta é possível ainda aplicar numa determinada área e invertermos a mesma para que todo o restante da imagem receba o tratamento, possibilitando a não utilização de um pincél para a marcação de uma enorme área quando queremos apenas que uma pequena área não seja afetada.

Assim como as demais ferramentas de ajustes localizados, o Filtro Radial pode ser utilizado diversas vezes na mesma imagem, criando pinos que irão nos dizer onde tais tratamento estão sendo feitos ou até sobrepostos.

CORTE DEMARCADO

O corte demarcado, mais conhecido como CROP, permanece sem grandes novidades, mas com 2 implementações que podem ajudar bastante.

Primeiro é a inserção de novas regras de composição que estarão presentes quando habilitamos a ferramenta. A sua utilização ainda continua sendo feita através dos menus do software ou pelo atalho de teclado com a tecla “o”.

Outra modificação foi a possibilidade de redimensionarmos a área de corte mantendo o centro como referência. Para tal, basta prescionar a tecla ALT/OPTION em quanto clicamos em uma das cantoneiras, presentes nas laterais, e arrastamos para a modificação da área que será preservada.

Esta última irá facilitar muito quando precisamos reajustar algum corte, eliminando pequenas áreas nas laterais, agilizando assim o corte da imagem.

SUPORTE A ARQUIVOS PNG

Uma introdução não tão expressiva, mas de grande importância é a possibilidade de importação e trabalho junto a arquivos PNG, que possuem como principal característica a preservação de áreas transparentes. Dentro do LR será possível trabalhar com estes arquivos, enviar e retornar do PS e exportá-los. A transparência sera vista como fundo branco e a transição entre PS e LR será feita assim como os arquivos atualmente suportados pelo Lightroom, convertendo-os em TIFF ou PSD, de acordo com a configuração do seu software.

INFORMAÇÕES de CORES EM MODO LAB

Para quem não conhece exatamente o modo LAB ai vai uma pequena explicação.

O modelo de cores CIE L*a*b* (Lab) tem base na percepção humana da cor. Os valores numéricos no Lab descrevem todas as cores vistas por uma pessoa com visão normal. Como o Lab descreve a aparência de uma cor, em vez de descrever a quantidade um colorante específico necessária para um dispositivo (como um monitor, impressora de mesa ou câmera digital) produzir cores, ele é considerado um modelo de cores independente do dispositivo. Os sistemas de gerenciamento de cores usam o Lab como uma referência de cores para transformar uma cor de um espaço de cores em uma cor de outro espaço de cores, de maneira previsível.

O modo de Cores Lab possui um componente de luminosidade (L) que pode variar de 0 a 100. No Seletor de cores da Adobe e na paleta de cores, o componente a (eixo de verde-vermelho) e o componente b (eixo de azul-amarelo) pode variar de +127 a –128.

E a Adobe finalmente incluiu em sua interface, onde antes apenas apereciam as informações em RGB, agora conta também com a informações do modo LAB o que facilita e muito a interpretação de cores e a visualização da atuação dos canais na imagem.

Para utilizar, clique com o botão direito do mouse no histograma e marque a opção “Mostrar Valores de Cores LAB”, para retornar, basta desmarcar esta opção.

MODO REAL DE TELA CHEIA

O Lightroom sempre levou em sua interface o famoso atalho de teclado da tecla “F” que possibilitava entrar em modo de tela cheia em 3 níveis, onde o primeiro apareciam as barras do Sistema Operacional, Título e Ferramentas, a segunta que escondia algumas delas e a terceira que transformava por completo o software em modo de tela cheia.

Esta funcionalidade permanece, mas foi alterado o seu atalho para SHIFT + “F”, dando espaço para a tecla “F” que agora realmente entrar em modo de tela cheia, mostrando as imagens ocupando toda a extensão da tela, sem nenhuma outra informação distrativa.

Os editores de plantão podem agradecer por esta simples função, pois para editar/selecionar imagens é um modo de visualização extremamente eficiente.

UPRIGHT

A Adobe novamente inovou com a introdução desta nova ferramenta presente no painél de Correção de Lentes. Em inglês conhecida como UPRIGHT, em português esta será conhecida como “ENDIREITAR”, apesar do nome não ser tão bunitinho, mas suas ações são bem expressivas.

Upright é uma nova tecnologia que é possível ajustar as distorções, alinhamentos, e realinhamentos de imagens de forma automática e muito bem executadas. Com esta ferramenta e seus simples botões que fazem um trabalho automático sensacional, é possível alinhar horizonte, ajusta uma perspectiva errada ou remover distorções de forma simples e rápida.

Trata-se de uma grande evolução principamente que a atuação da ferramenta é totalmente automática e de extrema qualidade, mas ainda podemos ter acesso aos recursos manuais de correção de lente, podendo reajustar algum ponto que já foi afetado pela ferramenta anteriormente.

 

 

 

 

 

 

SOBREPOSIÇÃO DE LUPA

Algumas informações de sobreposição de lupa já eram possíveis de serem vistas nas versões anteriores, como é o caso de inserir uma imagem em PNG na frente de uma determinada imagem a fim de executarmos algum tipo de visualização com uma composição final de uma revista, por exemplo.

Na versão 5 do Lightroom, podemos agora ter acesso a inserção de uma malha de grade e duas linhas guias, totalmente configuráveis, a fim de nos possibilitar visualizar com mais ênfase um determinado alinhamento, nos ajudando com o uso de outras ferramentas. A visualização destes novos itens não são restritos apenas à Biblioteca e podem ser vistos também na revelação e durante uma captura vinculada.

COLEÇÕES INTELIGENTES

Sou um viciado em coleções inteligentes.
Praticamente meu fluxo de trabalho não seria o mesmo se não fosse o poder desta automação que o Lightroom possui. Atualmente o que ela me proporciona já é sensacional, mas como estamos em constante evolução, nada melhor que ver novidades nos módulos que mais utilizamos.

A novidade aqui é simples mas extremamente útil. Como sabem, as coleções inteligentes são coleções com o poder de fazermos busca em nossa base de dados do nosso catálogo com base em alguns campos e suas possibilidades de pesquisa. Temos vários campos disponíveis para nós na versão 4, mas a versão 5 veio com mais outros importantes campos que com certeza irão automatizar ainda mais nosso Workflow. Além da nova disposição das informações o que facilitou e muito a procura por um campo específico, os seguintes itens também foram adicionados:

– bits por canal
– modo de cor de origem
– perfil de cor de origem
– tamanho da imagem
– tamanho do arquivo
– status da visualização inteligente
– e claro, o novo formato PNG agora adicionado.

Lembrando que todos estes itens também estõ disponíveis como filtros.

MÓDULO DE LIVROS

No Lightroom 4, a Adobe apresentou um robusto fluxo de trabalho de criação Foto Livro. O Módulo de livro torna fácil para os fotógrafos para criar livros personalizados para clientes, amigos ou para seu próprio prazer pessoal. O módulo Livro fornece tudo que os fotógrafos precisam para criar um livro de fotos e exportá-lo para um PDF para visualização online ou fazer diretamente o upload para um site de impressão on-line, Blurb.

Agora Lightroom 5 permite aos fotógrafos personalizar Foto Livros mais do que nunca, com uma variedade de novos modelos de livros com um visual totalmente personalizado. Os fotógrafos podem adicionar números de páginas, legendas de fotos individuais e legendas página.

NOVAS FUNCIONALIDADES

Algumas funcionalidades são inseridas sem uma carga de expectativa muito grande, mas que surgem para fazermos um melhor uso do software.

– Foi adicionado um novo item no menu EXIBIR chamado de “Bloquear posição de zoom”. Uma vez que este item é marcado, a posição de zoom da imagem atual no modo de Lupa é armazenada em memória e todas as demais imagens que vão se passando estarão exatamente na mesma posição física e na mesma ampliação de zoom das anteriores.

– Agora podemos também adicionar vídeos e imagens estáticas ao módulo de slideshow, podendo mesclar ambos e exportar em um formato que pode ser compartilhado via internet ou em outros dispositivos.

– Os arquivos PSD antes deveriam ser salvos com a possibilitade de Maximizar a sua Compatibilidade, isso já não é mais necessários e os arquivos PSD sem esta informação já podem ser importados, assim como também arquivos com um o maior lado maior que 65.000 pixeles também já podem ser importados.

As configurações mínimas não mudaram e podem podem ser conferidas logo abaixo.

Windows®

Intel® Pentium® 4 ou AMD Athlon® 64 processor
DirectX 10–capable ou later graphics card
Microsoft® Windows® 7 com Service Pack 1 or Windows 8
2GB of RAM (4GB recomendável)
2GB of available hard-disk space
1024×768 display
DVD-ROM drive

 

Mac OS

Multicore Intel processor with 64-bit support
Mac OS X v10.7 or v10.8
2GB of RAM (4GB recomendável)
2GB of available hard-disk space
1024×768 display
DVD-ROM drive

Acesse já o link no Adobe Labs, baixe já sua cópia da versão BETA gratuitamente e divirta-se!

 

Preenche o formulario para receber as novidades