Usando o Lightroom para selecionar suas imagens

 

Desde o momento que houve a primeira necessidade de escolha de alguma imagem para compor uma série, uma publicação, exibição ou matéria, houve então a necessidade da edição do material colhido de forma a fazer a escolha diante das várias opções. Estudar o processo de edição é algo muito importante para que possamos cada vez mais entender o porque de tal imagem estar sendo escolhida e também buscar a essência do seu trabalho diante das imagens registradas.

Editar o material se refere ao ato de escolha e não de tratamento como muitos acham. Relacione esta ação com uma determinada profissão, como o editor de um jornal, que tem como função principal a escolha das matérias e/ou fotografias que irão compor o jornal e não exatamente o ajuste das imagens ou correções ortográficas que serão necessárias.

Magnum_Contact__SpEd

Um bom método para aprender sobre edição é observando os mais experientes. Pude e muito aperfeiçoar minhas técnicas e meu olhar atráves do livro MAGNUM CONTATOS, vendido no Brasil e em português em várias livrarias. É uma Bíblia de estudo a respeito dos grandes fotógrafos da famosa Agência Magnum e em como estes mega fotógrafos conseguiram chegar na escolha de uma imagem para uma determinada finalidade.

Na imagem abaixo, um corte de uma das páginas do livro, podemos ver em partes como foi a edição para a escolha de uma das famosas imagens de Salvador Dali clicada pelo fotógrafo Philippe Halsman e em seguida a imagem finalizada, chamada de Dali Atomicus, datada de 1948.

salvador

Screen Shot 2014-05-07 at 3.59.28 PM

O processo de edição no Lightroom é bem similar em como se fazia antigamente. Antes, diante de uma folha de contato e com uma lupa o fotografo via as imagens de forma ampliada e marcava qual ou quais seriam as escolhidas. Hoje, com o Lightroom, temos a área de grade e o modo de lupa, o que tem uma semelhança incrível inclusive diante dos nomes escolhidos e para escolher as imagens temos os atributos:

Bandeiras, Estrelas e Rótulos de Cores.

Estes atributos podem ser utilizados em todas as imagens e em conjunto um com os outros de forma a detalhar o conceito diante do seu fluxo de trabalho em como deseja selecionar os arquivos.

Ex:

Para uma imagem boa, escolha a bandeira branca e para uma imagem ruim, a bandeira preta.

Caso esta imagem seja boa, marcada com bandeira branca, ela pode ter uma classificação de 1 a 5 estrelas diante de seu fator de qualidade, por exemplo.

Estas mesmas imagens podem ir para vários clientes, sendo eles marcados cada um com o rótulo de cor.

edicao

Na imagem acima podemos ver claramente o uso de Bandeiras, Estrelas e Cores no processo de edição e estas agora sendo exibidas em miniaturas no modo de Grid para que possam ser filtradas em sequência.

Para facilitar, o uso de atalhos é muito importante e nos fornece cada vez mais agilidade e produtividade e para tal, veja abaixo os atalhos para os atributos demonstrados.

Bandeiras: BRANCA (P), PRETA (X) e RETIRAR BANDEIRA (U)

Estrelas: 1 estrela (1), 2  estrelas (2), 3   estrelas (3), 4  estrelas (4), 5  estrelas (5) e 0  estrelas (0)

Rótulos de Cores: Vermelho (6), Amarelo (7), Verde (8), Azul (9) e o rótulo roxo não possui atalhos.

Até a próxima e grande abs
Henrique Ribas

Preenche o formulario para receber as novidades